População idosa brasileira vai triplicar até 2050, diz IBGE Viver Agora

População idosa brasileira vai triplicar até 2050, diz IBGE

O número de idosos vai triplicar no Brasil nos próximos 40 anos

Uma publicação lançada nesta segunda-feira, 29, pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostra que o número de idosos vai triplicar no Brasil nos próximos 40 anos, e passará de 19,6 milhões em 2010 (10% da população brasileira) para 66,5 milhões de pessoas em 2050 (29,3%).

Essa mudança no perfil da população deve ocorrer em 2030, quando o número absoluto e o porcentual de brasileiros com 60 anos ou mais de idade vão ultrapassar o de crianças de 0 a 14 anos. Daqui a 14 anos, diz o IBGE, os idosos chegarão a 41,5 milhões (18% da população) e as crianças serão 39,2 milhões, ou 17,6%.

Dividido em nove capítulos, o livro ‘Brasil, uma visão geográfica e ambiental do século XXI’, traz no capítulo 2 uma análise dos efeitos de fenômenos como o aumento da expectativa de vida do brasileiro e a redução da taxa de fecundidade (número de filhos por mulher) que, combinados, mudaram o perfil etário da população.

População idosa brasileira vai triplicar até 2050, diz IBGE Viver Agora

“O aumento do número de idosos associado à redução das crianças implica em mudanças profundas em políticas públicas de saúde, assistência social e Previdência, entre outras”, destaca o capítulo escrito pelo demógrafo Celso Simões.

A mudança nas regras de concessão de aposentadoria tem sido um dos principais pontos de discussão do governo do presidente em exercício Michel Temer. A tese do governo é de que, se não for adiada a aposentadoria dos trabalhadores brasileiros, o sistema previdenciário entrará em colapso e não haverá recursos para honrar os benefícios no médio prazo.

O principal argumento do governo é o aumento da expectativa de vida do brasileiro, que passou de 62,5 anos em 1980 para 70,4 anos em 2000 e 75,2 anos em 2014. (Fonte: Estadão).

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *