Paixão de amigos 50+ dá samba em SP

Paixão de amigos 50+ dá samba em SP

E da melhor qualidade! O grupo Perímetro Urbano lança seu segundo CD, “Subterfúgio”.
Eles não são músicos profissionais, são compositores que convivem desde sempre. Os cinco amigos de infância e juventude que cresceram nos bairros do Ipiranga e da Mooca, em São Paulo, acabam de lançar o segundo CD, “Subterfúgio”, pelo grupo Perímetro Urbano, considerado um legítimo representante do que há de melhor e mais sofisticado da MPP – Música Popular Paulistana.

A produção do novo álbum é um feito e tanto para quem divide a paixão pela música com as mais diversas e exigentes atividades profissionais. Vamos às apresentações: Ailton Amalfi trabalha como radialista, Alberto Gaspar é conhecido como veterano da reportagem da TV Globo, Eduardo Clima vive como artista plástico, Flávio Mesquita é representante comercial e Vital Mancini dá duro como professor de História.

Todos já passaram dos 50 e mantém aquela tradição do encontro marcado para horas e horas de conversa. Muitas das composições surgiram assim, principalmente, em um bar na rua Lins de Vasconcelos, no bairro do Cambuci. O local dos encontros era chamado pelos compositores de “Subterfúgio”, daí o nome do CD. Da troca de ideias, do bate papo “altas horas” surgiram letras de músicas e muitas acabaram virando samba, choro e gafieira.

Amalfi conta que “o trabalho é muito intuitivo. Ninguém é grande instrumentista. Um manda a letra e outro faz a melodia.” As influências são muitas e qualificadas, vão desde os sambistas cariocas históricos como Cartola e Nelson Cavaquinho, passando também pela forma urbana de compor de João Bosco e Aldir Blanc, até os ícones paulistas Adoniran Barbosa e Paulo Vanzolini.

Em 2007, o grupo lançou o primeiro registro do trabalho no CD “Na Capital do Pecado”, e agora, 10 anos depois voltam a contar com os arranjos de Edmilson Capelupi, que também cuida da produção e direção musical. As 14 canções do novo álbum falam sobre a capacidade de rir de si próprio, venturas e desventuras amorosas, sempre com uma dose de humor. “ É um preenchimento espiritual, a gente compõe e grava pra gente se sentir completo”, enfatiza Amalfi.

O grupo financiou a produção do novo CD que traz composições novas de três sonoridades diferentes, mas sempre com sotaque bem paulistano. O módulo “Regional do Caçulinha” traz cinco canções inspiradas no histórico regional dos anos 60 e 70 e tem a participação especialíssima do próprio Caçulinha no acordeon.

O módulo “Época de Ouro” reúne quatro músicas representando um dos mais importantes grupos já montados na música brasileira, referência pra todas as gerações de chorões e sambistas. E, por fim, a sonoridade “Nó Em Pingo D’água” traz cinco canções inspiradas no grupo carioca que modernizou o choro.

Entre as participações especiais encontramos quatro grandes intérpretes: Luciana Alves, Luiz Mel, Pedro Miranda e Tatiana Ferraz. Mas, nossos amigos fazem os vocais e tocam (Vital no violão, Flávio no cavaquinho e o Ailton no pandeiro). Os meninos estão abertos a convites para apresentações em bares, teatros, onde houver espaço.

Para conhecer o grupo, e saber como baixar as músicas do CD, é só ir até a página do grupo no Facebook: https://www.facebook.com/grupoperimetrourbano/

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.