O que você sonha para o futuro?

O que você sonha para o futuro?

Especialista dá dicas sobre a importância do planejamento financeiro e da autoconscientização.

Tudo indica que a sua “aposentadoria” será muito mais movimentada do que a do seu avô ou avó. O aumento da longevidade é uma realidade e, provavelmente, seus 70, 80 anos de idade serão ativos e saudáveis. Tempo para realizar os sonhos de toda uma vida.

Os cuidados com a saúde, física e mental, serão fundamentais, da mesma forma que o planejamento das finanças pode fazer toda a diferença. Antes de sair por aí investindo em opções que o mercado financeiro oferece, é preciso que você trace objetivamente o futuro que você quer.

A psicóloga Aline de Faria garante que o mais importante é saber o que você quer, como em qualquer outro projeto de vida. “Seja uma festa, uma viagem e, principalmente, seu futuro, é preciso saber como, onde e quanto eu vou precisar”.

Também especializada em coaching executivo, ela lista alguns temas para reflexão e ação:

Saber o que se quer – independente da sua idade atual, você já é capaz de definir suas metas para o futuro. Por exemplo, que viagem gostaria de realizar e quanto ela custaria?

Poupança pessoal – reveja seus gastos e confira se tudo que você gasta é realmente necessário. É um passo difícil, mas é preciso que você seja realista e avalie as despesas extras, como jantar fora ou comprar roupas da moda;

Disciplina – depois de saber aonde quer chegar e o que deve cortar para isso, é hora ser disciplinado e montar planilhas para definir o quanto você pode aplicar mensalmente;

Escolha do investimento – esse é o momento de procurar um profissional de confiança e que entenda do mercado financeiro para definir suas aplicações e saber como acompanhar a evolução do seu patrimônio.

“Nunca é tarde para poupar, mas é preciso que a mente esteja consciente disso”, comenta a especialista que destaca ainda outro conselho, talvez o mais importante: “Comece o quanto antes”.

 

Imagem: MyNewDesk

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *