O que fazer com a restituição do IR?

Algumas dicas para seu planejamento financeiro

Toda vez que enviamos a Declaração do Imposto de Renda, logo vem à cabeça: quando sai minha restituição? Depois disso, começam os planos sobre o que fazer com o dinheiro. Fique atento, pois quem tem 60+ tem prioridade na restituição! Serão sete lotes em 2017, sendo o primeiro em junho e o último em dezembro.

Além dos idosos, pessoas com deficiência ou doença grave também têm prioridade de pagamento nos primeiros lotes. Para os demais, quanto mais cedo entregar a declaração, mais rápido é liberada a restituição, desde que não haja nenhuma pendência.

Para auxiliar na decisão sobre o que fazer com o dinheiro, algumas dicas são fundamentais: analisar suas finanças e verificar dívidas, necessidades ou se pode guardar ou investir o dinheiro.

Em caso de dívidas, a orientação é sempre de quitá-las para evitar a incidência de juros. Se as dívidas forem maiores do que o valor da restituição, procure pagar aquelas que têm maiores juros.

Se não possui dívidas e tem alguma necessidade, pode-se usar a restituição para isso. Já se deseja realizar um sonho, planeje bem. Pode ser que valha a pena investir este dinheiro antes de aplica-lo no seu sonho.

Aliás, se a intenção é investir, você pode acessar aqui o Simulador de Investimentos do portal Meu Bolso Feliz.

É possível antecipar o recebimento da restituição?

Embora a restituição da Receita só se dê nos prazos estipulados, os bancos oferecem a antecipação desse dinheiro. Mas lembre-se que nada é de graça.

“Antecipar o recebimento via empréstimo bancário não costuma ser uma boa opção porque essa antecipação nada mais é do que um empréstimo com cobrança de juros”, alerta José Vignoli, educador financeiro do Portal Meu Bolso Feliz.

Então, será que o motivo da antecipação vale esse pagamento de juros? Primeiro avalie se o fato de você ter esse dinheiro em mãos imediatamente vai ajudar no pagamento da dívida.

“Compare, por exemplo, os juros de uma dívida com os juros da antecipação. Se você está no cheque especial ou pendurado no rotativo do cartão de crédito, aí sim a antecipação pode ser uma alternativa interessante”, aconselha o educador financeiro.

Com informações de Meu bolso feliz

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *