Já está na hora de procurar um geriatra?

“Acrescentar vida aos anos e não apenas anos à vida”. Com a citação do educador Paulo Freire, a geriatra Anna Maria Gagliardi afirma que não há uma idade ideal para agendar uma consulta com um especialista e alerta que esse é um compromisso com a saúde que não deve ser adiado.

Doutora e professora na Escola Paulista de Medicina, Anna Maria Gagliardi explica que “como o foco do geriatra é amplo, e principalmente em prevenção de doenças e suas complicações, recomenda-se que as ações preventivas devam começar mais cedo, antes dos 60 anos, para que se chegue e se permaneça bem na terceira idade.”

O médico especializado em geriatria tem a preocupação de ver o idoso como um todo, o que pode fazer diferença para manter a melhor qualidade de vida. “Além da preocupação com problemas físicos, o geriatra também está focado em detectar quadros depressivos ou de perda de memória, problemas psíquicos (que são   frequentes nessa população), além de problemas nutricionais como obesidade ou desnutrição; problemas sociais, como baixo suporte social que este idoso possa ter; problemas visuais e auditivos que também comprometem muito a qualidade de vida e podem causar isolamento social”, destaca Gagliardi.

A médica enfatiza ainda que “não dá para viver muito e não envelhecer, mas é possível preparar melhor o organismo e a mente para chegar lá e envelhecer melhor”. E a dica de saúde da especialista é uma só: atividade física!

 Além de melhorar a condição do organismo humano, a atividade física proporciona aumento da massa muscular e óssea, além da preservação da força muscular que é um dos fatores que garante a manutenção da independência física. Anna destaca que esse é um bem MUITO PRECIOSO. “Nós deveríamos nos preocupar diariamente e, ter em mente que para seguirmos nossos objetivos e metas temos que ter nosso corpo bem. Essa deve ser uma prioridade, pois é através do corpo que nossas ideias, nosso  trabalho e nosso lazer são colocados em ação.”

Nós vamos esquecer que vale caminhada, exercícios de resistência, alongamento, pilates, natação, sempre com orientação profissional. Não tem desculpa para adiar, assim como aquela consulta com um geriatra.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *