Intercâmbio também é para o público mais maduro?

Sim, conheça as opções para aprender novos idiomas na prática e viver novas experiências

Se você não aprendeu um segundo, terceiro ou quarto idioma durante a juventude, não se engane: ainda dá tempo! Se você sabe o básico, quer relembrar e aprender na prática, também tem chance. Empresas oferecem intercâmbio focado no público 50+.

Essa é uma prática que tem aumentado nos últimos tempos. Segundo a Pesquisa Selo Belta 2016, o índice dos estudantes brasileiros da terceira idade que realizaram intercâmbio passou de 2,4% em 2012 para 7,7% em 2015.

A ETC Intercâmbio possui o programa Juventude Acumulada, focada neste público, que leva os 50+ para conhecerem outros países e aprenderem o idioma através de passeios turísticos e culturais. Segundo a empresa, os destinos em alta para este público são França, Malta, Inglaterra e Itália.

Segundo Neila Chammas, diretora da ETC, os 50+ “estão dando mais importância à qualidade de vida e a atividades que os deixam mais ativos mantendo o espírito jovem, através de novos desafios. Agora querem um turismo mais completo, o intercâmbio, em que estudam e conhecem bem o destino desejado”.

Graciana Maria Magnago, de 55 anos, já fez intercâmbio pela ETC. Ela conta que aos 46 anos decidiu estudar inglês, mas não conseguia se dedicar muito às aulas. “Com certeza a gente aprende mais visitando lugares, vivendo o idioma”, diz.

Ela foi para Ilha de Malta, que ainda não conhecia. Graciana comenta que “a recepção foi muito boa e a escola é ótima, nossa guia falava inglês, então deu para aprender bastante”. Além disso, ela destaca outra vantagem do intercâmbio: passear e conhecer pessoas do mundo inteiro.

Além da ETC, outras empresas também oferecem intercâmbio especialmente para esta faixa etária. Uma delas é a STB, que oferece cursos de inglês e italiano para 50 anos ou + no exterior.

Ficou interessado? Vá atrás e aproveite essa oportunidade de conhecer novos lugares e idiomas com a turma da maturidade.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.