Hipercolesterolemia hereditária: você sabe o que é?

A doença aumenta 20 vezes a chance de problemas cardíacos. Leia a matéria e faça o teste online.

Colesterol alto, ou hipercolesterolemia, é uma doença sanguínea que atinge cerca de dois milhões de pessoas por ano no Brasil e é causada principalmente pelo consumo excessivo de alimentos gordurosos. Obesidade, diabetes, sedentarismo, e, principalmente fatores genéticos também podem influenciar no diagnóstico.

Uma pesquisa apresentada no Scientific Sessions, evento que ocorreu nos Estados Unidos, apontou que pessoas que possuem hipercolesterolemia familiar, têm 20 vezes mais chances de ter problemas cardíacos, além de terem a doença 20 anos mais cedo que a média geral.

Raul Santos, médico do Departamento de Cardio-Pneumonia e diretor da Unidade Clínica de Lípides do Instituto do Coração (Incor) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, afirmou que uma a cada duas pessoas com histórico familiar irão apresentar a doença, contra um em cada 250 pessoas sem nenhum histórico.

A doença pode ser detectada a partir da alteração no exame de sangue. Para auxiliar no diagnóstico e tratamento, o Incor criou o programa Hipercol Brasil. Ele já avaliou cerca de cinco mil pessoas, em sua maioria vindas do Estado de São Paulo, e já detectou a doença em 1,5 mil pessoas.

Após a descoberta, a família é convidada a realizar testes genéticos para verificar a presença do problema. Ele é um exame de sangue para extrair o DNA do paciente. A Hipercol indica um tratamento que combina dieta, exercícios físicos e o uso de medicamentos, além de acompanhamento médico regular para a verificação dos níveis de colesterol no sangue.

E você, já realizou seus exames de rotina esse ano? Se tiver algum caso na família, entre no site da Hipercol para realizar um teste genético: http://bit.ly/2EgVjfS

Fonte: Jornal da USP

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *