Tempo de aprender é hoje Viver Agora

Estudante de 81 anos mostra que o tempo de aprender é hoje

Enquanto há vida, existe possibilidade de aprender, a chance de ampliar conhecimento.

Enquanto há vida, existe evolução, possibilidade de aprender, a chance de ampliar conhecimento, e uma aluna da UNASP (Centro Universitário Adventista de São Paulo) mostra que idade não é barreira para quem acredita na educação. Seetuko Kadowaki de Andrade, de 81 anos, decidiu cursar Nutrição muito tempo depois concluir um doutorado em Serviço Social na PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo).

“Sou uma eterna estudante. O que me motiva é continuar sempre aprendendo”, diz Seetuko – ou Rosa, para os amigos mais próximos -, que só conseguiu concluir o ensino básico aos 29 anos, após casar com o farmacêutico Sylvio Teixeira, que conheceu quando a família mudou-se do interior paulista para a capital.

Aos 13 anos, obteve um certificado de Oficial em Farmácia. Em 1954, já em São Paulo, trabalhava na farmácia de seu pai, no centro da cidade. Quase 20 anos depois, formou-se em Serviço Social na PUC. Entrou para o programa de mestrado da mesma universidade em 1973, ano da morte de seu marido.

Tempo de aprender é hoje Viver Agora

Trabalhou por muitos anos no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e foi também professora do curso de Serviço Social no campus da UNESP (Universidade Estadual Paulista) em Franca até se aposentar em 1998, com 63 anos de idade, mas jamais parou. Continuou fazendo cursos e ajudando pessoas, foi voluntária em ações e projetos sociais (especialmente para alcoólatras), liderou campanhas de saúde em Guarulhos, e ainda ensinou sobre o uso da soja na alimentação.

Seetuko deve se formar em Nutrição neste ano. E está totalmente dedicada ao Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), no qual apresentará um comparativo do custo da alimentação vegetariana estrita e da alimentação ovolactovegetariana.
“Meu objetivo é levar conhecimento para a comunidade. Creio que poderei ajudar tanto as igrejas quanto outras pessoas que me procurarem. Há muito desconhecimento nessa área e meu propósito é prover orientação”, diz. (Fonte: Revista Adventista)

Tempo de aprender é hoje Viver Agora

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.