Desafios da longevidade em exposição

Desafios da longevidade em exposição

A Exposição Diálogo com o Tempo vai mudar a sua forma de olhar para a velhice

Como você vai estar aos 70, 80 anos? Como será enfrentar os desafios do dia a dia? Para responder a essas questões, comuns a todos nós, a exposição Diálogo com o Tempo abre suas portas na Unibes Cultural, em São Paulo, com opção de compra de ingressos pelo próprio site. Quem visitou a exposição Diálogo no Escuro sabe que pode esperar por mais uma boa surpresa.

Em cartaz, pela primeira vez na América Latina, a exposição desafia os jovens a conhecer diversos aspectos da velhice. A experiência é dividida em seis ambientes e tem como guias monitores que já passaram dos 70 anos e estão dando um banho de vitalidade.

“Ter como guias essas pessoas que têm mais de 70 anos é o que aproxima ainda mais da realidade. Eles são os verdadeiros modelos do que é a maturidade ativa hoje”, comenta Bruno Assami, diretor executivo da Unibes Cultural.

A aventura começa quando os visitantes assistem a um vídeo que revela o envelhecimento a partir das mudanças no rosto de uma mulher. A partir daí, os monitores propõem uma discussão sobre os novos olhares para a longevidade. “Refletir e introduzir o tema da longevidade de forma ampla, reflexiva e potente é dos nossos grandes desafios”, ressalta Bruno.

A discussão sobre ‘o que quero para a minha velhice’ leva o visitante, no momento seguinte, para um choque de realidade. Os visitantes têm a oportunidade de experimentar algumas das limitações impostas pela idade. “Nunca tinha pensado como é ser velho. Fiquei chocada com a sensação ter 70 anos por alguns minutos. Só agora eu realmente entendo porque meus avós andam tão devagar”, conta a estudante de Direito Victória Barbosa, 19 anos, após visitar o espaço.

A principal missão da Exposição Diálogo com o Tempo? “Gerar uma reflexão sobre a idade e deixar a mensagem de que todos vão chegar lá um dia”, conta o próprio criador da exposição Andreas Heinecke, fundador da Dialogue Social Enterprise, que já levou seu trabalho para Alemanha, Suíça, Finlândia, Israel, Singapura e Taiwan.

 

A jovem equipe do #ViverAgora saiu da exposição maravilhada com a experiência e nós deixamos aqui nossa recomendação para esse programa imperdível para toda a família. Há muitos aprendizados, mas talvez o mais importante esteja na mensagem final de Andreas: “Não há nada a temer sobre o envelhecimento”.

Serviço

Diálogo com o Tempo

Quando: de 17 de abril a 13 de outubro de 2018;
Onde: Unibes Cultural | 11 3065-4333
Rua Oscar Freire, 2.500 – ao lado do Metrô Sumaré
Ingressos: R$ 30,00 | R$ 15,00 (meia)
Para saber mais: https://bit.ly/2qHzFKE

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *