Conceição Evaristo e seu sucesso na maturidade

Escritora é tema de ocupação no Itaú Cultural

A escritora e educadora Conceição Evaristo, hoje com 70 anos, passou grande parte de sua vida no anonimato. Apesar de escrever desde a juventude, estreou na literatura muitos anos depois. Seu primeiro romance (“Ponciá Vicêncio”) só ganhou visibilidade em 2003, quando ela tinha 56 anos.

Hoje Conceição é tema de exposição no Itaú Cultural, a 34ª edição do programa Ocupação que, em 2017, tem como foco apenas a produção de mulheres representativas da arte e da cultura nacionais.

Conceição nasceu numa favela de Belo Horizonte em 1946 e mudou-se para o Rio de Janeiro nos anos 1970, onde se formou em Letras. Desde 1980 é militante no movimento negro.

A escritora compõe sua obra com base no que chama de “escrevivência”, ou a escrita que nasce do cotidiano e das experiências vividas. Em seus romances, contos e poemas, a autora explora sobretudo o universo – a realidade, a complexidade, a humanidade – da mulher negra.

Além de manuscritos, fotos, correspondências e objetos pessoais, a “Ocupação Conceição Evaristo” ainda contempla a atuação da escritora no campo da educação. Há acessibilidade para pessoas com deficiência.

Serviço
Local: Itaú Cultural
Endereço: Avenida Paulista, 149 – Piso 1
Telefones: (11) 2168-1776 / 2168-1777
Visitação: até 18 de junho de 2017
Horários: Terça-feira a sexta-feira, das 9h às 20h (permanência até as 20h30); Sábado, domingo e feriado, das 11h às 20h.

Foto: Zanone Fraissat / Folhapress

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.