Câncer de pele: alerta laranja em dezembro

Câncer de pele: alerta laranja em dezembro

A campanha tem como objetivo divulgar informações e engajar a população para a importância da prevenção.

Uma informação, que muitas vezes é desconhecida, é lembrada com força nesse mês pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD): o câncer da pele é o tipo da doença mais incidente no Brasil, com 176 mil novos casos ao ano.

De acordo com o INCA – Instituto Nacional de Câncer, qualquer pessoa pode desenvolver o câncer de pele, mas aquelas com pele muito clara, que tiveram exposição prolongada e repetida ao sol, e com histórico familiar ou pessoal de câncer de pele, são mais propensos ao desenvolvimento da doença.

A idade não é considerada um fator de risco, mas o oncologista Antônio Buzaid, do Instituto Vencer o Câncer, explica que “em geral, as pessoas desenvolvem câncer de pele após os 50 anos, mas esses tumores decorrem da exposição ao sol, que é cumulativa, sofrida quando elas eram mais jovens”.

Aqueles que vivem em áreas onde a exposição ao sol é maior têm maior chance de desenvolver a doença. Cerca de 80% da radiação ultravioleta que acumulamos durante a vida é absorvida do zero aos 20 anos de idade.

Para reverter esse quadro e estimular a prevenção e o diagnóstico do câncer da pele, a SBD reedita a campanha “Dezembro Laranja” como um alerta para todos, homens e mulheres em qualquer idade.

As ações da campanha incluem iluminação de monumentos, iniciativas de conscientização em praias e parques com distribuição de filtro solar, convite para que usuários de redes sociais compartilhem fotos com roupas cor de laranja e a hashtag #dezembrolaranja.

Todos os anos o tema da campanha é renovado para atrair um maior número de pessoas nessa luta de conscientização. Agora, em 2017, o tema da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele é “Se exponha  mas não se queime”.

O objetivo é divulgar informações essenciais sobre as formas de prevenção com a adoção de uma série de medidas fotoprotetoras, e a recomendação de visita a um médico especializado para diagnóstico e tratamento no caso de aparecimento de manchas na pele.

 

Prevenção

 Para prevenir o aparecimento de câncer de pele, a recomendação dos especialistas é evitar os horários de maior insolação: das 10 às 16 horas e usar para proteção chapéus de abas largas, óculos escuros, roupas que  cubram boa parte do corpo, além de  protetores solares com fator mínimo de proteção solar (FPS) 30.

 

Para saber mais:

http://www.sbd.org.br/controleOsol/

http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecancer/site/home/pele_melanoma/prevencao

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *