Vacinação contra a gripe: campanha 2018

Vacinação contra a gripe: campanha 2018

Quem tomou a vacina no ano passado tem que repetir esse ano? Tire suas dúvidas aqui.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 650 mil pessoas morrem todos os anos por doenças relacionadas à gripe. Até abril deste ano, só no Brasil, foram registrados 286 casos de Influenza, que conhecemos apenas como “gripe”. Desse total, 117 casos e 16 mortes tiveram como diagnóstico o vírus mais conhecido, o H1N1. Outros 71 casos (com o registro de 12 mortes) foram provocados pelo vírus H3N2, um vírus menos conhecido, mas igualmente perigoso.

Como acontece todos os anos, o Ministério da Saúde inicia nova Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe logo após a chegada do outono. Em 2018, o calendário sofreu atraso e a campanha deve ter início no próximo dia 23 de abril. O alerta vale para todas as pessoas, mas principalmente também para os maduros 60+ que fazem parte do grupo de risco e que podem tomar a vacina gratuitamente.

 

A equipe do #ViverAgora traz respostas às dúvidas mais frequentes:

 

O que muda de 2017 para 2018? Devo me vacinar novamente?

Sim, mesmo já vacinado(a) em anos anteriores é importante tomar novamente. Isto porque a cada ano o tipo de gripe, que circula entre nós, muda com o surgimento de outros vírus e a Organização Mundial de Saúde (OMS) atualiza a vacina.

Qual a vacina contra gripe ofertada no SUS?

A vacina influenza ofertada no SUS é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e produzida no Brasil pelo Instituto Butatan, em parceria com o laboratório privado Sanofi Pasteur. As vacinas das campanhas atuais são trivalentes e protegem contra os tipos de vírus influenza A, H1N1 e H3N2 e influenza B, que são os vírus de maior importância epidemiológica, de acordo com a própria OMS.

Quem deve tomar a vacina?

Praticamente todos, mas há prioridade para crianças  de 6 meses até 5 anos, gestantes e mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias e homens e mulheres com mais de 60 anos. Profissionais da saúde, professores, detentos, profissionais do sistema prisional e indígenas compõem o público-alvo prioritário. A vacina só é contraindicada para bebês com menos de seis meses e para quem tem alergia severa ao ovo.

Como se prevenir da gripe?

Para redução do risco de adquirir ou transmitir doenças respiratórias,  como o vírus Influenza, você deve:

  • Lavar e higienizar as mãos frequentemente, principalmente antes de consumir algum alimento;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Cobrir o nariz e a boca quando espirrar ou tossir;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Manter os ambientes bem ventilados; e
  • Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de gripe

 

Para saber mais, acesse: https://bit.ly/2JSvXX7

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *